Monday, September 08, 2008

À ESPREITA

À ESPREITA


Como um tigre, espreito
na madrugada silenciosa,
o aparecimento mágico
daquela bela forma desnuda,
uma finura de ninfa, talvez,
não para que seja minha presa
e sim para me deslumbrar
admirado,à luz do luar.



Otávio Coral

3 Comments:

Blogger Ellen Veloso Soares said...

Admiração sob a luz da lua! Linda espera!

4:31 AM  
Blogger SoniaR said...

A magia envolve a noite e abraça teus versos, sempre lindos!!!

5:46 PM  
Blogger sementes diárias said...

Muito linda essa tua espreita e admiração!Um abraço,chica

1:43 PM  

Post a Comment

<< Home