Tuesday, June 26, 2007

DESATINO

Ah bela bailarina diáfana!

Por que te ocultas, tímida,

Dos olhos que tanto amam teu dançar?

Otávio Coral


1 Comments:

Anonymous Sonia R. said...

Belo, meu poeta maior! Beijos eternos desta sua fã eterna.

10:20 AM  

Post a Comment

<< Home